Preços de Educação e Transportes caem e IPC-S tem deflação de 0,54% em maio, diz FGV

Sala de aula vazia em faculdade durante pandemia de coronavírus 13/03/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou deflação de 0,54% em maio com forte queda nos preços de Educação e Transportes em meio à crise do coronavírus, depois de recuar 0,18% em abril, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

A FGV mostrou que o grupo Educação, Leitura e Recreação teve recuo de 2,12% no mês, acelerando ante a queda de 0,90% em abril.


Já os custos de Transportes recuaram 2,06% em maio, após queda de 2,02% no mês anterior. Destacou-se o comportamento do item gasolina, cuja queda chegou a 7,08%.
Por outro lado, Alimentação registrou a maior alta, de 0,37% em maio, embora tenha desacelerado ante 1,10% em abril.

Os preços ao consumidor vêm registrando os efeitos das medidas de isolamento para contenção do coronavírus, em geral com alta nos preços dos alimentos e recuo de outros itens não essenciais.

Por Camila Moreira

Fonte: Reuters

https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN23828L-OBRBS

 

Outros artigos